sábado, 16 de maio de 2009

POESIA


Da minha janela

Eu vejo poesia

linhas sinuosas

fantasia

texturas,

sombra e

luz distraída.

Da minha janela

Eu vejo uma enorme tela

natureza

Sensações dançarinas

Surpresa.

Um comentário:

rezzi disse...

a vida é uma grande poesia de cores, formas e fatos ;) valeu, tia sandra.